Pazolini assegura que o planejamento da segurança será feito no gabinete do prefeito - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Política
Pazolini assegura que o planejamento da segurança será feito no gabinete do prefeito
Publicado por Redação VitóriaNews
Jansen Lube

Os números mostram: a criminalidade está crescendo em Vitória. Só no Centro da Capital, conforme informações publicadas na imprensa, somam-se 170 ocorrência no primeiro semestre deste ano. É o bairro campeão de assaltos em via pública com 170 ocorrências, o que equivale a quase um caso por dia. É também o bairro que mais concentra assaltos a ônibus, foram 109 casos notificados, um roubo a cada dois dias. Os roubos de carro no Centro somam 69 ocorrências, só perdem para Jardim Camburi, com 72 registros.

Com a experiência de quase 14 anos como delegado, Lorenzo Pazolini sabe que Vitória precisa de mais planejamento para a segurança pública, um problema complexo e que tantos danos causa à sociedade.

“Eu posso garantir que Vitória terá paz, a segurança pública será tratada no gabinete do prefeito. Nós temos uma equipe técnica, preparada, que nos ajudou no nosso plano de governo. Vamos tratar o problema da violência com austeridade e tolerância zero para qualquer tipo de crime, como sempre fizemos”, garante o delegado Pazolini, candidato a prefeito de Vitória pelo Republicanos 10.

Uma política de segurança pública envolve trabalhar para uma cidade mais justa e humana. O desafio para o qual delegado Pazolini está preparado é promover uma cultura de paz e valorização da vida.

“As nossas principais propostas são instituir o programa Vitória Segura, cujas ações serão coordenadas diretamente no gabinete do prefeito. O prefeito de Vitória, delegado Pazolini, não se omitirá diante da onda de violência na cidade. Ampliaremos a presença ostensiva da Guarda Municipal, valorizando, treinando e capacitando nosso efetivo. Teremos convênios com as polícias Civil, Militar e Federal e um centro de inteligência para monitorar as organizações criminosas.

Vitória não pode ter mais a Avenida Leitão da Silva fechada, a Serafim Derenzi fechada, e essa onda de crimes que nós tivemos na Capital”, afirma Pazolini.

Em relação ao comércio, aos crimes contra o patrimônio, o botão do pânico será disponibilizado para os comerciantes, para acionar a Polícia Militar e o Ciodes 190. “Reforçaremos o videomonitoramento. Utilizaremos a tecnologia de inteligência artificial, que permite o cruzamento de dados em tempo real, para análise e reconhecimento facial e comportamental dos criminosos”, disse.

 

AGENDA PAZOLINI 10

 Data: 22/10 (quinta-feira)

 7h feira livre da Praia do Canto

 14h caminhada no Centro

 17h bandeiraço no Centro

 

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas